Slide item 1
Notícias

UniLúrio inaugura Sala de cirurgia e entrega seis moto-ambulâncias ao HGM

No âmbito dos laços de cooperação existentes entre a Universidade Lúrio (UniLúrio), através da Faculdade de Ciências de Saúde (FCS), e o Hospital Geral de Marrere, através do programa "Comunidade Alerta para um Hospital de Prontidão", foi hoje, 05 de Outubro, inaugurada uma Sala de cirurgia para cesarianas e entregues seis moto-ambulâncias ao Hospital Geral de Marrere (HGM).

A Sala de cirurgia vai oferecer serviços a mais de três mil habitantes que residem no Bairro de Natikiri e que diariamente procuram pelos cuidados de saúde, acabando por se deparar com falta dos mesmos, devido a carência, por parte do hospital, de equipamentos para fazer face às necessidades dos utentes.

Falando na ocasião, Francisco Noa, Magnífico Reitor da UniLúrio, começou o seu discurso fazendo menção do facto da instituição que dirige ter como foco e meta transmitir e colocar o conhecimento ao serviço das comunidades.

   

Resultante de um projecto conjunto que envolve, além da UniLúrio e HGM, a Universidade Saskatchewan do Canadá, a sala de cirurgia, segundo Francisco Noa, será de grande importância na redução da mortalidade materno-infantil. Ademais, Noa acredita que com o marco “não estamos a salvar apenas uma mãe, uma criança, mas sim as diversas comunidades que carecem de serviços de saúde”. Tal pensamento fundamenta-se no facto da UniLúrio ter como compromisso alastrar seus serviços até as comunidades, sendo um actor que impulsiona mudança em diversas perspectivas, através dos seus diversos programas de extensão.

Na voz do Governo, o Administrador da cidade de Nampula, Alfredo Matata, disse que a inauguração da sala de cirurgia é um compromisso na promoção de saúde da população, rumo ao desenvolvimento do país. Na mesma perspectiva, o Administrador congratulou-se com a UniLúrio que se vem destacando e afirmando na prestação de serviços ligados ao desenvolvimento das comunidades.

  

Matata não deixou de advertir para uma melhor conservação dos equipamentos, pois “as comunidades devem assumir responsabilidades” na sua gestão, para que se possam resolver, a longo prazo, os problemas existentes.

Para a Directora do HGM, Jorgina de Castro, que aponta, de entre outras dificuldades enfrentadas, a falta de uma morgue no hospital, a inauguração da sala de cirurgia, aliada a entrega das moto-ambulâncias, significa, em parte, redução dos problemas que têm apoquentado não só o HGM, como também a comunidade de Marrere.

De Castro considera o evento como caminho certeiro para o melhoria dos serviços na unidade que dirige, criando formas para a redução da mortalidade materna e neo-natal, devido, por exemplo, a falta de meios para deslocar doentes e mulheres grávidas das comunidades até ao hospital.

O representante das comunidades, Carlos Puaheque, presidente do Comité de Co-gestão do HGM, mostrou-se satisfeito e agradeceu o esforço dos parceiros pelo marco que vai ajudar a melhorar os serviços ao nível do HGM.

                                     

Há que referir que a UniLúrio tem laços de cooperação fortes e cimentados com o HGM, facto que se pode verificar, por exemplo, na abertura do hospital em receber estudantes da UniLúrio em diferentes estágios curriculares.

 

UniLúrio

Contacte-nos

Campus de Marrere

  • Endereço: Bairro de Marrere, R. nr. 4250, Km 2,3 - Nampula
  • Telefone: +25826218250
  • Email: info@unilurio.ac.mz

Saiba como chegar

Top