Slide item 1
Notícias

Primeira capital moçambicana gradua pela primeira vez estudantes de Ensino Superior através da UniLúrio

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior diz que UniLúrio é autêntico centro de reflexão, produção de conhecimento e de intervenção para a comunidade.

A Universidade Lúrio graduou nesta sexta-feira, na Ilha de Moçambique em Nampula, um total de 64 estudantes, tornando-se na primeira instituição de Ensino Superior no país a graduar estudantes de nível superior naquele que é Património Mundial da Humanidade e primeira capital moçambicana.

A cerimónia de graduação de 27 Licenciados em Turismo e Hotelaria e 37 Licenciados de Desenvolvimento Local e Relações Internacionais contou com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, e do Secretário de Estado na Província de Nampula, Mety Gondola.

No seu discurso, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior disse que constitui motivo de satisfação, o facto de que os cursos ministrados na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas terem sido criados com a necessidade de, entre outros, explorar os valores socioculturais e patrimoniais e, enorme potencial de desenvolvimento socioeconómico da região da Ilha de Moçambique, inspirando-se no estatuto de Entreposto Intercultural que a Ilha teve no passado.

“Gostaríamos, como Governo, de felicitar a direcção da UniLúrio pela decisão e perspicácia de instalar uma unidade académica sua aqui na Ilha de Moçambique, a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, possibilitando, por esta via, a formação de capital humano existente na Ilha e nas zonas circunvizinhas, bem como no país como um todo, nas áreas de Ciências Sociais e Humanas”.

Segundo Daniel Nivagara, ao estar na Ilha de Moçambique, a Universidade Lúrio está numa posição e condição privilegiadas de se constituir num autêntico centro de reflexão, produção de conhecimento e de intervenção para a comunidade. Aliás, o Ministro diz que a UniLúrio evidencia boas práticas institucionais, ao procurar a aprendizagem recíproca com as comunidades locais em todos os pontos onde se encontra instalada, através da implementação do seu tradicional programa Um Estudante, Uma Família.

O Secretário de Estado na Província de Nampula, Mety Gondola congratulou, na ocasião, aos graduados e disse que terminaram uma etapa e começaram uma outra. Todavia, garantiu que nessa nova etapa, o governo que dirige garante espaço para que implementem os conhecimentos adquiridos na Universidade Lúrio.

À UniLúrio, Gondola diz que espera que continue comprometida com a criação de condições e espaços para a contínua formação de qualidade e comprometida com o desenvolvimento da província e do país em geral.

Hafiz Jamu, Presidente da Associação “Ilha de Moçambique”, que falava na ocasião em representação da população, referiu que ao instalar uma faculdade na Ilha de Moçambique, a Universidade Lúrio reduziu o sofrimento anteriormente enfrentado por filhos daquela parcela do país, que precisavam de viajar para a cidade de Nampula e outros pontos do país para se formarem no ensino superior, o que acarretava elevados custos. Hafiz diz que, hoje é possível estudar desde a pré, até concluir o nível superior sem sair de casa, o que representa um ganho para a Ilha. Aproveitou a ocasião para pedir ao governo de Moçambique no sentido de continuar a criar condições para a jovem faculdade para que consiga ter infraestruturas capazes de levar o ensino de qualidade para às comunidades.

A primeira graduação coincidiu com as celebrações dos cinco anos da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Ilha de Moçambique, assinalados no passado dia 5 de Julho. Ao longo dos cinco anos considera-se que a Faculdade catapultou o brilho e prestígio da Ilha a nível nacional e internacional. A Ilha de Moçambique passou a ter uma outra visibilidade, dinamismo e um outro tipo de visitantes, sobretudo da área académica, trazidos e atraídos pela faculdade, bem como pelas iniciativas da Universidade Lúrio em geral.

A Magnífica Reitora da UniLúrio, Profa. Leda Florinda Hugo rendeu homenagem de reconhecimento e gratidão, a todos os que segundo ela, com imensurável esforço e comprometimento, idealizaram, implementaram, edificaram e fizeram crescer a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, em particular, e à UniLúrio no seu todo. “Assim, a nossa homenagem e gratidão, vai inicialmente para o Governo de Moçambique, para as Comissões Instaladoras e para todos os docentes e estudantes pioneiros desta Faculdade”, disse, reiterando que “ todo o esforço da UniLúrio tem sido no sentido de primar pela qualidade académica e administrativa, pela relevância da formação que oferece e pela colocação no mercado de trabalho de técnicos e gestores dotados de competências para exercer, inovar, criar e empreender nas suas áreas de formação, focalizando a resolução de problemas concretos da população e comunidades”.

Recorde-se que a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas foi criada em 2016 e entrou em funcionamento em 2017.

 

Contacte-nos

Campus de Marrere

  • Endereço: Bairro de Marrere, R. nr. 4250, Km 2,3 - Nampula
  • Telefone: +25826218250
  • Email: info@unilurio.ac.mz
wowcappadocia.com

Saiba como chegar

united luxury shop
Top
bahigo canlı bahis güvenilir bahis siteleri kaçak bahis siteleri betist 1xbet asyabahis betebet betgaranti betlike betvole ligobet pinbahis polobet verabet
marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis
pusulabetguncelgiris.com
hacklink al hd film izle php shell indir siber güvenlik türkçe anime izle Fethiye Escort android rat duşakabin fiyatları fud crypter hack forum wordpress nulled themes