Slide item 1
Notícias

FCSH celebra o seu primeiro aniversário

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Lúrio celebrou esta quinta-feira (05 de Julho), o seu primeiro aniversário desde a sua criação. As celebrações tiveram lugar na casa Girassol, na Ilha de Moçambique. Foi uma festa coroada de muita música e alegria, abrilhantada por docentes, estudantes, entre outros artistas.

Para além de actividades culturais, o evento contou com uma conferência inserida no âmbito temático do Turismo e da Hotelaria, subordinada ao tema: eXtended –BusinessIntelligence. A conferência teve como orador o Professor Doutor João Pronto, professor adjunto da Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Estoril (ESHTE), Portugal. Para além de docente, João Pronto é Director informático uma rede de mais de 14 hotéis em Portugal. 

No discurso de abertura da efeméride pela ocasião do primeiro aniversário, o Director da Faculdade falou do percurso da FCSH desde a sua fundação até a actualidade. João Salavessa falou das dificuldades que inicialmente constituíam entrave para a continuação do projecto da faculdade e manifestou-se orgulhoso pelos feitos que a faculdade tem conquistado a um ritmo bastante acelerado. O dirigente aproveitou a ocasião para agradecer a colaboração de todos os docentes, CTA, estudantes, as lideranças locais e a comunidade em geral que incansavelmente contribuem para o desenvolvimento e crescimento dessa “jovem” Faculdade. 

Esse discurso foi enfatizado pelo Reitor da Universidade Lúrio, Professor Doutor Francisco Noa, que agradeceu também o envolvimento do governo distrital e o Conselho Municipal, docentes, funcionários, estudantes e toda a comunidade pelo seu engajamento e apoio no desenvolvimento da Faculdade. No seu discurso, Noa enalteceu o papel da FCSH e da Universidade em geral na contribuição para a formação e desenvolvimento intelectual dos jovens da Ilha de Moçambique. O reitor desafiou aos docentes, estudantes e toda a comunidade académica a engajarem-se na produção de conhecimento e colocar esse conhecimento ao serviço das comunidades, pois, “é isso que justifica hoje a existência das universidades”.

Os estudantes sentem-se orgulhos por fazerem parte dessa faculdade, sentimento que foi reiterado por Eunice Moreira estudante do segundo ano, que mostrou-se feliz segundo as suas palavras: “sinto-mefeliz por fazer parte da família FCSH, tive o prazer de ser pioneira nessa faculdade, então eu me sinto a FCSH, eu sou FCSH”.

De acordo com Míria Davane, estudante do 2º do Curso do Desenvolvimento Local e Relações Internacionais “falar da Faculdade de Ciências Socais e Humanas da Universidade Lúrio é o mesmo que falar de um exemplo de persistência e tanta dedicação e muita luta, pois é sabido que começamos com quase nada, mas a união, a forca e a luta fez com que alcançássemos o primeiro aniversário”.

Para GanitoBantaleão, presidente do Núcleo de Estudantes da FCSH, a faculdade ainda vai surpreender o país e o mundo analisando pelos feitos e conquistas que vem alcançando desde a sua fundação.

  

A nossa reportagem também colheu o sentimento do Presidente do Conselho Municipal da Cidade da Ilha de Moçambique, Dr. Saíde Amur Gimba, que falou nos seguintes termos “nós como parceiro estratégico desse projecto prometemos dar todo o acompanhamento e esperamos que continue para sempre essa colaboração ”.

A comunidade da Ilha de Moçambique sente-se também orgulhosa por ter uma Instituição de Ensino Superior, facto que em tempos era impensável. Essa alegria é manifestada pelo SheikHafizJamu, uma respeitada figura no seio da comunidade da Ilha de Moçambique, que falou à nossa redacção que “é difícil explicar a alegria que sentimos por termos uma faculdade aqui na Ilha de Moçambique, sendo um sitio de património mundial, ter uma faculdade que visa o desenvolvimento humano, isso catapulta a Ilha para um patamar de conhecimento. Cada rua da Ilha de Moçambique respira o conhecimento. Estou bastante feliz que a Universidade tenha feito e portanto está pronta para enfrentar outros desafios”.

Refira-se que a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Lúrio começou com as suas actividades em Fevereiro de 2017, com a abertura de dois cursos nomeadamente Turismo e Hotelaria e Desenvolvimento Local e Relações Internacionais. E foi oficialmente inaugurada a 05 de Julho do mesmo ano pelo Ministro da Cultura e Turismo, Silva Dunduro.

Em menos de três meses do seu funcionamento, a FCSH recebeu a visita dos embaixadores da Tailândia, Brasil e Portugal. Em Novembro do ano passado a mesma recebeu a visita do antigo chefe de Estado moçambicano, Sua Excelência Joaquim Alberto Chissano, quando foi a essa IES para falar no âmbito da Conferência 100 anos Oliver Tambo organizada pela UniLúrio.

Para além do ensino, a FCSH – UniLúrio tem-se dedicado na promoção e desenvolvimento do turismo na Ilha de Moçambique, um trabalho desenvolvido em parceria com o Conselho Municipal, Gabinete de Conservação da Ilha de Moçambique, governo distrital e outros parceiros estratégicos. Esta faculdade tem vindo a ministrar cursos avançados e de curta duração com o apoio de organismos internacionais como a UCCLA e a Fundação Calouste Gulbenkian.

A UniLúrio é uma IES moçambicana com 11 anos de existência e que vem conhecendo uma projecção internacional crescente. De entre vários parceiros internacionais, destacam-se algumas das melhores universidades da Europa e do mundo, como a Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Estoril,Universidade Nova de Lisboa, KingsCollege no Reino Unido e outras na Suíça, Noruega, Itália, África do Sul, Japão, Canadá e Dinamarca, só para citar algumas. 

UniLúrio

Contacte-nos

Campus de Marrere

  • Endereço: Bairro de Marrere, R. nr. 4250, Km 2,3 - Nampula
  • Telefone: +25826218250
  • Email: info@unilurio.ac.mz

Saiba como chegar

Top